O papel do pedagogo no processo de transição dos alunos de 4ª e 5ª séries do ensino fundamental

CIEP João Batista - bairro da Cidade de Deus

CIEP João Batista – bairro da Cidade de Deus

Os altos índices de repetência e evasão escolar na 5ª série do Ensino Fundamental são desafios a serem superados pelas escolas públicas brasileiras. A constatação deste fato aponta para um trabalho pedagógico que venha minimizar as dificuldades no processo de ensino e aprendizagem, a partir de estudos voltados para essa faixa etária. Busca-se então destacar a importância do pedagogo escolar como articulador e orientador de professores, pais e alunos, no sentido de buscar alternativas de superação do fracasso escolar que ocorre nessas séries. Para isto é preciso considerar que há uma fragmentação no Ensino Fundamental, entre as séries iniciais (1ª a 4ª) e as séries finais (5ª a 8ª), dificultando um trabalho pedagógico integrado entre a esfera estadual e a municipal, considerando-se que as séries iniciais estão, em sua maioria, sob a responsabilidade do governo municipal. Nesse sentido é preciso que haja uma integração entre essas duas esferas, a partir da realização de Grupos de Estudos que envolvam os pedagogos e os professores de 4ª e 5ª séries. Deve haver ações pedagógicas integradas, para se enfrentar os desafios decorrentes dessa faixa etária e suas consequências no desempenho escolar e pessoal dos alunos. Nesse estudo, será apresentada uma experiência de um Grupo de Estudos, envolvendo professores de 4ª e 5ª séries, um pedagogo e um diretor de escola, oriundos de uma escola estadual e uma municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *